Como as Havaianas Correram o Mundo?

Atualizado: 29 de nov. de 2021

A Reviravolta Que Levou as Sandálias a Ganharem o Mundo?


Durante muito tempo elas foram “as legítimas” brasileiras, mas nem sempre foram conhecidas como são hoje. Como então, as Havaianas correram o mundo?

Como as Havainas corrreram o mundo

Sabe, nem sempre as Havaianas foram peça de museu (sim elas são) , ou um chique souvenir para presentear aquele amigo gringo. Hoje em dia, é possível achar uma loja de Havaianas, em todos os cantos do globo.


Ainda me surpreendo toda vez que chego em um país diferente nos confins do globo e me deparo com uma loja de Havaianas. Foi então que fiquei curiosa em saber como aqueles chinelinhos de dedo ganharam fama.


+ Leia também: 5 COISAS QUE SÃO MELHORES NO BRASIL.


O Início de Tudo


Tudo começou em 1962, quando as primeiras Havaianas começaram a ser produzidas. Longe de ser um acessório de moda, ela estava mais para um item de necessidade básica. Inclusive, chegando a ser tabelada nos anos 80 pelo governo federal como tal.


As Havaianas foram inspiradas nas sandálias de dedo japonesas Zori. Com as tiras de tecido e a sola de palha de arroz, que foram substituídas pelas tiras e solado de borracha. No entanto, a textura do solado foi projetada para lembrar a da palha de arroz das Zori.

Havaianas inpiradas nas Zoris japonesas

Me lembro de quando era criança e achava aqueles chinelos branco e azul bem sem graça. Um erro de fabricação fez com que Havaianas verdes acabassem ganhando o mercado.


Isso abriu espaço para outras opções como o amarelo e branco, preto e branco, verde e branco e marrom e branco, que também não atraía muito o público feminino. Conforme fui crescendo, isso mudou. Mas aí a marca já tinha mudado também, claro.


“As Legítimas”


Desde dos anos 70 a marca já sofria com as falsificações. O humorista Chico Anysio foi o primeiro a estampar propagandas da marca na defesa das “Legítimas”.

Como as Havaianas ganharam o mundo

As Havaianas eram um produto já bastante em conta, mas a disputa com as novas concorrentes era intensa. Contudo a marca se valia do fato de as sandálias não terem cheiro, não soltarem as tiras e não deformarem.


Deu certo, já que até hoje a marca ainda domina o mercado e apesar de concorrentes fortes, como a Ipanema, as Havaianas ainda reinam soberanas mantendo a tradição.


Aonde quer que eu vá, me deparo com chinelos similares e, às vezes, bem inferiores, disputando com as tradicionais. Alguns com o nome similar, outros, completamente diferentes. Mas, as sandálias Havaianas estão sempre lá escondidas na forma.


+ Leia também: CHOQUE CULTURAL – AS 4 FASES QUE VOCÊ DEVE VENCER.


Quando fui para a Ásia ano passado, esqueci de levar minhas sandálias, que eu uso mais quando vou à praia mesmo. Para meu espanto, em cada esquina ou mercado de rua, eu encontrava para vender uma gama enorme de submarcas.


Algumas até estampavam a bandeira do Brasil, com um nome similar e não original. Se você baixasse para olhar para os pés das pessoas nas ruas, muitas delas usavam as flip-flops que se democratizaram nos pés ao redor do globo.


A Grande Virada


Enjoados de usar aqueles chinelos sem graça em que a parte branca ficava logo encardida, a moda de virar a sola se estabeleceu. E em nome de "salvar muitas mães" por conta do chinelo virado (entendedores entenderão) aconteceu a GRANDE VIRADA.

Como as Havaianas correram o mundo

Baseada nessa ideia, em 1994 as Havaianas lançaram uma nova coleção chamada “Havaianas Top“. Elas possuiam uma paleta de cores muito mais atrativa e acabava de vez com o domínio das bicolores sem graça, estendendo a cor por toda a sandália.


No mesmo ano foi a estreia das sandálias em comerciais de televisão, estrelando a atriz Malu Mader como garota propaganda. A partir de então várias outras celebridades já estrelaram campanhas da marca.


Do Brasil Para o Mundo


Pegando carona com a Copa do Mundo de 1998, as Havaianas incorporaram a bandeira brasileira nas suas tiras. A partir daí o nome do país foi incorporado a marca, passando a se chamar "Havaianas Brasil".

Como as Havaianas ganharam o mundo

Isso definitivamente consolidou a marca, que passou a ser não só a queridinha do Brasil, mas também mundo afora, não parando mais de se reinventar.


Hoje, você pode encontrar as sandálias sendo vendidas em mais de 60 países, é mole?! Aquela sandália que antes era considerada item básico para consumidores de baixa renda, foi enfim viver entre grifes sofisticadas.


A rainha da Suécia, por exemplo, já visitou o Brasil usando um par delas e até no Oscar elas já foram protagonistas. As Havaianas estão expandindo seus horizontes e já criaram uma linha de roupas, óculos, bolsas e até tênis.


Mas, quando se fala o nome Havaianas o que se pensa de imediato são nas sandálias mesmo. Com certeza uma das marcas brasileiras mais conhecidas pelo mundo.


E foi assim que, consagradas, as Havaianas correram o mundo! Aqui no Brasil todo brasileiro já teve seu par.


E você, quais são as suas Havaianas? Já deu de presente para algum amigo gringo? Conta aqui nos comentários e até o próximo post.


Bjokas,


K.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Marca_Impressao_Digital_negativo.png
cropped-Datilografando.jpg

Não perca nada! Inscreva-se para ficar por dentro dos novos posts!

Legal! Até o próximo post!

  • 5
  • 7
  • Pinterest
  • Twitter